2 estrangeiros impedem adolescente japonesa de cometer suicídio em Sendai

Os pesquisadores Lahcene Elisa, à esquerda, e Sau Kartik são homenageados em 3 de julho com cartas de agradecimento por salvar a vida de uma garota em Sendai. (Sakiko Kondo)

2 estrangeiros impedem adolescente japonesa de cometer suicídio em Sendai

A agilidade de dois pesquisadores estrangeiros salvou a vida de uma adolescente japonesa que tentava suicídio pulando de uma ponte.

Lahcene Elisa, 24, uma estudante graduada da Universidade Montpellier da França que estuda na Universidade Tohoku, estava andando de bicicleta para casa através da ponte Nakanosebashi sobre o rio Hirosegawa por volta das 17h do dia 31 de maio.

  • Imobiliária Homestation
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Renovation Master School
  • Publicidade e Marketing digital
  • Projeto Mulheres

Foi quando ela viu a garota parada do lado de fora da grade do outro lado da estrada, de acordo com a Delegacia de Sendai Chuo da polícia da província de Miyagi.

Sentindo que a garota corria grande risco de cair, Elisa correu de volta para a ponte e se aproximou dela. Elisa, incapaz de falar japonês, convenceu a adolescente a se afastar da borda gesticulando e dizendo em inglês: “Por favor, venha comigo”.

Depois que a garota se acalmou, Elisa se despediu dela e voltou para seu dormitório na Universidade de Tohoku.

Mas depois de discutir o incidente com seu colega de dormitório da Índia, Sau Kartik, 31, pesquisador especial do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Industrial Avançada, eles decidiram voltar para ver como ela estava.

Eles encontraram a garota chorando amargamente perto da estação de metrô International Center, cerca de 300 metros a oeste da ponte.

Eles então permaneceram com a garota até que a polícia a prendesse, com Kartik tentando animá-la dizendo: “Por favor, não chore”.

A Delegacia de Sendai Chuo homenageou Elisa e Kartik por suas ações com cartas de agradecimento no dia 3 de julho.

“É normal ajudar uma pessoa em grande perigo”, disse Elisa.

Kartik ficou profundamente comovido depois que a própria garota agradeceu. “É uma grande honra poder ajudar alguém”, disse ele.

“Mesmo que você não consiga se comunicar com alguém em japonês, você ainda pode tomar medidas para ajudar a pessoa. Estou feliz que os dois tenham sentimentos como estes “, disse Hiroki Sato, o chefe da estação.” Gostaria de expressar meu grande respeito por eles. ”

Fonte: Asahi