Acidentes em praias fechadas ou sem vigias aumentam

© Kyoto Shimbun [Foto material] Praia Kotobiki (Amino-cho, Kyotango-shi, Kyoto)

Acidentes em praias fechadas ou sem vigias aumentam

Devido à pandemia, muitas praias estão com suas instalações fechadas ou sem acesso ao público.

A Guarda Costeira de Maizuru (Prefeitura de Maizuru, Kyoto) disse no dia 12 que o número de acidentes ao nadar no mar em Kyoto foi de 6 em agosto. A abertura de praias foi adiada para este verão devido às novas medidas preventivas de infecção por coronavírus, e também acidentes já ocorreram em praias onde os guardas estão ausentes.

  • Renovation Master School
  • Projeto Mulheres
  • Imobiliária Homestation
  • Publicidade e Marketing digital
  • Educação financeira e curso de investimento

Na prefeitura, duas pessoas morreram em um acidente enquanto nadavam, em agosto. No dia 9, na praia de Kotobikihama Kaketsu (Amino-cho, Kyotango-shi), um homem (46) da cidade de Kyoto que fazia snorkel após beber foi levado pela água e morreu.

Uma mulher (24) na cidade de Higashi-Osaka, prefeitura de Osaka, foi arrastada pela costa em uma bóia no dia 10 na praia de Kanzaki na cidade de Maizuru, que não estava aberta ao público, e foi resgatada.

O departamento recomenda nadar em uma praia de acesso e instalações abertas, não nadar depois de beber, ter cuidado ao usar bóias quando o vento ou a maré estiverem fortes. “A maioria das praias da prefeitura tende a ser varrida pelo vento sul, então tome cuidado. Aproveite as praias que estão seguras e funcionando normalmente.”

Fonte: Kyotonp/MSN