ANA se une a startup de aeronaves dos EUA para trazer táxis voadores para o Japão

A ANA Holdings Inc. se unirá à startup norte-americana Joby Aviation Inc. para trazer serviços de táxi aéreo ao Japão, disseram as empresas na terça-feira.

A controladora da All Nippon Airways Co. e a empresa norte-americana trabalharão juntas em operações de voo, gerenciamento de tráfego, desenvolvimento de infraestrutura e treinamento de pilotos para táxis voadores, disseram em um comunicado conjunto.

  • Publicidade e Marketing digital
  • Imobiliária Homestation
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Renovation Master School
  • Projeto Mulheres

A Joby Aviation pretende lançar um serviço de táxi aéreo em 2024. Está desenvolvendo uma aeronave totalmente elétrica de cinco lugares que pode decolar e pousar verticalmente com alcance máximo de 241 quilômetros e velocidade máxima de 321 km por hora.

“Ser capaz de fornecer (nossos clientes) a opção de viajar rapidamente – e de forma sustentável – de um aeroporto internacional para um local no centro da cidade é muito atraente”, disse o vice-presidente executivo da ANA Holdings, Koji Shibata, em um comunicado à imprensa.

A ANA segue a Toyota na parceria com a fabricante de aeronaves elétricas dos EUA. A maior montadora do mundo em volume disse em 2020 que investiu US$ 394 milhões na Joby Aviation para compartilhar sua experiência em fabricação de automóveis e tecnologia de eletrificação para ajudar a produzir em massa a aeronave elétrica.

 

Fonte: mainichi