Calor escaldante gera alerta para riscos de insolação em todo o Japão

Nesta quarta-feira, as temperaturas subiram drasticamente em todo o Japão, desde as ilhas de Hokkaido, no norte, até Kyushu, no sudoeste do país.

Na cidade de Kurume, província de Fukuoka, os termômetros marcaram 35,2°C. Foi o primeiro registro do ano no Japão de temperatura acima dos 35 graus.

  • Educação financeira e curso de investimento
  • Renovation Master School
  • Projeto Mulheres
  • Imobiliária Homestation
  • Publicidade e Marketing digital
  • Renorn Network Internet

A Agência de Meteorologia do Japão afirma que até as 14h, as temperaturas atingiram 34,7°C na cidade de Hita, província de Oita; 34,1°C na cidade de Ozu, província de Ehime; 32,3°C na cidade de Takasaki, província de Gunma e 32,1°C na cidade de Gifu, situada na província de mesmo nome.

O calor deve continuar também na quinta-feira, o que exige medidas de precaução contra possíveis casos de insolação.

Mais da metade das pessoas que foram levadas a hospitais devido às altas temperaturas está na faixa etária acima de 65 anos. Pessoas idosas tendem a não sentir ondas de calor tão intensas e acabam não tomando os cuidados necessários a tempo.

Familiares e pessoas próximas devem conversar com os idosos diretamente, por meio de ligações telefônicas ou outros meios, para se assegurar de que eles estejam tomando os devidos cuidados para prevenir insolação, tais como usar o ar condicionado e ingerir líquidos com frequência.

 

Fonte: NHK