Coreia do Norte alerta que pode reagir contra Estados Unidos

A Coreia do Norte ameaçou tomar contramedidas em resposta a sanções impostas pelos Estados Unidos após os recentes testes de mísseis realizados pelo lado norte-coreano. Pyongyang afirma que os testes foram legítimos e tinham o objetivo de impulsionar a capacidade de autodefesa do país.

Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores norte-coreano divulgou uma declaração por meio da estatal Agência Central de Notícias da Coreia, na sexta-feira de manhã.

  • Projeto Mulheres
  • Imobiliária Homestation
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Renovation Master School
  • Publicidade e Marketing digital

A declaração afirma que o recente desenvolvimento por parte da Coreia do Norte de um novo tipo de armamento se refere a seus esforços de modernizar sua “capacidade nacional de defesa”. Ademais, descreveu as condenações dos Estados Unidos como “uma provocação evidente”.

O governo dos Estados Unidos impôs sanções sobre seis norte-coreanos e um russo. Eles são acusados de envolvimento com os programas nuclear e de mísseis da Coreia do Norte. As sanções incluem congelamento de ativos dos indivíduos em questão.

Pyongyang afirmou que a medida dos Estados Unidos “mostra que apesar de o atual governo se pronunciar em prol da diplomacia e do diálogo, ainda se encontra engajado em suas políticas de isolar e constranger a Coreia do Norte”.

O lado norte-coreano também alertou que, caso os Estados Unidos tomem um posicionamento confrontador, será forçado a ter uma reação ainda mais intensa e certeira contra tal movimentação.

 

Fonte: NHK