Falta de profissionais de saúde dificulta vacinação no Japão

Falta de profissionais de saúde dificulta vacinação no Japão

A NHK apurou que algumas cidades do Japão expressaram dificuldades para concluir a vacinação de idosos contra a Covid-19 até o prazo estabelecido – o final de julho. Elas citaram como grande obstáculo uma escassez de profissionais de saúde.

Recentemente, o primeiro-ministro Suga Yoshihide indicou que o governo fará esforços para a conclusão da inoculação de idosos até o prazo estabelecido.

  • Publicidade e Marketing digital
  • Renorn Network Internet
  • Imobiliária Homestation
  • Renovation Master School
  • Projeto Mulheres
  • Educação financeira e curso de investimento

A previsão de algumas prefeituras é de que a vacinação de idosos será concluída em agosto ou depois. O Ministério do Interior e Telecomunicações vem indagando aos governos municipais se serão capazes de antecipar o cronograma.

Segundo fontes do governo, autoridades receberam diversas avaliações de prefeituras no sentido de que, nas atuais circunstâncias, será difícil concluir a vacinação de pessoas com 65 anos ou mais até o final de julho. Citaram, entre outras razões, a escassez de médicos e enfermeiros encarregados das inoculações.

O premiê Suga pretende se reunir, na sexta-feira, com representantes da Associação Japonesa de Medicina e da Associação Japonesa de Enfermagem. Ele quer explicar, entre outras medidas, a ampliação do suporte financeiro para a vacinação e pedir a colaboração das entidades.

 

Fonte: NHK