Governo japonês decidirá na quinta-feira se suspende ou não estado de emergência na região de Tóquio

Governo japonês decidirá na quinta-feira se suspende ou não estado de emergência na região de Tóquio

O governo do Japão deverá decidir já na quinta-feira se suspende ou não o estado de emergência declarado por causa da pandemia do coronavírus, atualmente em vigor em Tóquio e três províncias vizinhas.

O estado de emergência imposto em Tóquio e nas províncias de Kanagawa, Saitama e Chiba permanece em vigor até o próximo domingo, dia 21 de março. O prazo original era até o dia 7 de março, mas o governo o estendeu por duas semanas. A pressão sobre a disponibilização de leitos hospitalares nessas regiões tem diminuído, mesmo com o aumento no número de novos casos nas províncias de Tóquio e Saitama.

  • Renovation Master School
  • Publicidade e Marketing digital
  • Imobiliária Homestation
  • Projeto Mulheres
  • Educação financeira e curso de investimento

Na segunda-feira, o primeiro-ministro Suga Yoshihide disse em uma reunião de um comitê parlamentar que o objetivo de seu governo ao prorrogar o estado de emergência por duas semanas foi diminuir os encargos dos recursos hospitalares. Ele disse que é cedo demais para dizer se o estado de emergência deve ou não ser novamente prorrogado, agora que o ritmo do declínio de novos casos está estabilizado.

Muitos membros do governo são a favor da suspensão do estado de emergência, em vista dos suficientes recursos médicos, assim como da fadiga do povo em relação às medidas de prevenção do coronavírus. Contudo, alguns pedem cautela, agora que variantes do vírus estão sendo detectadas em todo o país.

 

Fonte: NHK