Governo japonês requisita relatório sobre proteção de dados pessoais de usuários do aplicativo Line

Governo japonês requisita relatório sobre proteção de dados pessoais de usuários do aplicativo Line

Um painel do governo japonês requisitou judicialmente que a empresa controladora e a operadora do aplicativo de mensagens Line informassem sobre a gestão de dados pessoais de seus usuários.

O painel sobre proteção de informações pessoais efetuou a solicitação para as firmas Line e Z Holdings. Anteriormente esta semana, foi revelado que engenheiros de uma empresa chinesa encarregada do gerenciamento do sistema Line eram capazes de acessar informações pessoais de usuários. A informação inclui nomes, números de telefone e endereços de e-mail de usuários armazenados em um servidor no Japão.

  • Imobiliária Homestation
  • Renovation Master School
  • Projeto Mulheres
  • Publicidade e Marketing digital
  • Educação financeira e curso de investimento

Enquanto isto, o ministro do Interior e Telecomunicações do Japão, Takeda Ryota, disse na sexta-feira que seu ministério vai suspender o uso do aplicativo de mensagens Line em serviços do órgão. Ele acrescentou que o ministério vai investigar o que realmente aconteceu com o aplicativo e então efetuar as medidas necessárias, em conjunto com outros ministérios e agências.

 

Fonte: NHK