Grupo de bem-estar animal revela mercado de carne de gato no Vietnã

© Fornecido por Pet é Pop Imagem: FOUR PAWS

Grupo de bem-estar animal revela mercado de carne de gato no Vietnã

Um novo relatório da FOUR PAWS e da Change For Animals Foundation, grupos de bem-estar animal, revelou a existência de um mercado de carne de gato no Vietnã, afetando cerca de um milhão de felinos por ano. Segundo o site People, a investigação constatou que os gatos “são roubados das ruas e até de casas de pessoas, traficados em todo o país e massacrados brutalmente”.

Em janeiro, a lei que proibia o consumo de carne de gato no Vietnã foi revogada. Com isso, a demanda “está mais alta do que nunca”. O prato, conhecido como “Tigre Pequeno”, ganhou popularidade em todo o País. “O comércio não é apenas uma ameaça ao bem-estar animal, mas também à saúde humana, com risco de raiva e doenças”, alertam as entidades.

  • Educação financeira e curso de investimento
  • Publicidade e Marketing digital
  • Imobiliária Homestation
  • Projeto Mulheres
  • Renovation Master School

Segundo a veterinária Katherine Polak, chefe do Serviço de Animais Perdidos da FOUR PAWS no Sudeste Asiático, são encontrados gatos com coleiras nos atacadistas, um indício claro de que eram animais de estimação. “As autoridades geralmente fecham os olhos para isso porque muitas vezes estão envolvidas no comércio, lucrando com subornos ou são consumidores”, revela.

Além disso, a especialista alerta que o mercado de carne de gato representa um risco para a saúde pública devido às péssimas condições sanitárias e ao tratamento brutal e anti-higiênico de animais. Com a revelação da situação alarmante no Vietnã, o grupo de bem-estar animal faz um apelo às autoridades locais para que “introduzam, fortaleçam e apliquem as leis de proteção animal.”

Fonte: PetéPop/MSN