Japão decide não permitir entrada ao país de pessoas procedentes da Europa e do Irã

Japão decide não permitir entrada ao país de pessoas procedentes da Europa e do Irã

Japão decide não permitir entrada ao país de pessoas procedentes da Europa e do Irã

O governo japonês decidiu não permitir a entrada de estrangeiros que tenham estado em 21 países europeus e no Irã.

O governo realizou sua primeira reunião de uma força-tarefa especial sobre medidas contra o novo coronavírus, na quinta-feira, e decidiu adotar medidas adicionais para fortalecer o controle de suas fronteiras.

  • Educação financeira e curso de investimento
  • Renovation Master School
  • Projeto Mulheres
  • Renorn Network Internet
  • Imobiliária Homestation
  • Publicidade e Marketing digital

Segundo a decisão, estrangeiros que tenham estado em 21países europeus, incluindo Itália, Espanha e Alemanha, bem como no Irã, não terão permissão para entrar no país a partir da meia-noite de sexta-feira.

A força-tarefa também decidiu solicitar a todas as pessoas que entram no país, incluindo as de nacionalidade japonesa, vindo de sete países do Sudeste Asiático, incluindo Indonésia, Cingapura e Tailândia, bem como de 11 países do Oriente Médio, incluindo Israel e Catar, a permanecerem 2 semanas em locais devidamente designados e não usarem transporte público no Japão.

A medida vai ser implementada a partir da meia-noite de sábado até o final de abril.

A força-tarefa também tenciona prorrogar o prazo até o final do mês que vem, do período de duas semanas de quarentena para visitantes da China e Coreia do Sul, incluindo pessoas de nacionalidade japonesa.

Fonte: https://www3.nhk.or.jp/nhkworld/pt/news/228315/?fbclid=IwAR3E70JyfEPUYWPvOr3DmEU1eAOIGG9QbJ_UzD4YwgXB_IMhV2dBBCK28bI