Japão vai estender estado de emergência em Tóquio e mais 18 províncias até 30 de setembro

O governo japonês planeja estender o estado de emergência devido ao coronavírus em 19 províncias, incluindo Tóquio e Osaka, até o dia 30 de setembro.

A medida é anunciada antes do término previsto para 12 de setembro do estado de emergência em 21 províncias e de medidas quase emergenciais em 12 outras.

  • Projeto Mulheres
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Publicidade e Marketing digital
  • Renovation Master School
  • Imobiliária Homestation

Entre as províncias sob o estado de emergência, Miyagi e Okayama passarão a adotar medidas quase emergenciais. Tais medidas devem ser mantidas em seis províncias até 30 de setembro, ao passo que serão suspensas em Toyama, Yamanashi, Ehime, Kochi, Saga e Nagasaki.

O governo considera afrouxar restrições sob determinadas condições no tocante ao horário permitido para que bares e restaurantes sirvam bebidas alcoólicas em áreas onde medidas quase emergenciais estiverem em vigor.

Na quarta-feira, o primeiro-ministro Suga Yoshihide discutiu a questão com o ministro da Revitalização Econômica Nishimura Yasutoshi, também encarregado do governo para medidas de combate ao coronavírus, além de outros ministros concernentes. Após a reunião, Suga declarou a repórteres que o governo tomará a decisão de olho na situação do sistema médico-hospitalar e em outros fatores.

Na quinta-feira, o governo ouviu opiniões de um painel de especialistas em doenças infecciosas e outras autoridades do assunto e obteve o consentimento deles. O governo tomará uma decisão formalmente após apresentar o plano ao Parlamento e realizar uma sessão de perguntas e respostas com legisladores.

 

Fonte: NHK