Marinhas de China e Rússia realizam missões de patrulha conjunta

China e Rússia informam que suas Marinhas realizaram suas primeiras missões de patrulha conjunta na região oeste do Oceano Pacífico.

O ministério responsável pela defesa da China declarou no sábado que as patrulhas foram realizadas durante sete dias, até o sábado, no Mar do Japão, no Pacífico Oeste, e no Mar da China Oriental.

  • Imobiliária Homestation
  • Projeto Mulheres
  • Renovation Master School
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Publicidade e Marketing digital

As pastas da defesa dos dois países informaram que a navegação marítima conjunta envolveu um total de 10 embarcações e seis helicópteros com base em navios.

Os órgãos acrescentaram que, durante a navegação, as Marinhas realizaram exercícios de uso prático de armamentos.

Foi mencionando que a formação naval combinada de China e Rússia respeitou rigorosamente as disposições do Direito Internacional e não entrou em águas territoriais de outros países durante a navegação.

O ministério responsável pela defesa da Rússia declarou que as patrulhas visavam a manutenção da paz e da estabilidade na região Ásia-Pacífico.

Os dois países estariam aparentemente tentando fortalecer a cooperação bilateral, à medida que os Estados Unidos têm repetidamente realizado exercícios com seus aliados na região Indo-Pacífico para fazer face à crescente presença chinesa no local.

 

Fonte: NHK