O jato de combate do Japão perde o dossel de 90 kg no meio do voo, nenhum ferimento relatado

Um jato de combate da Força de Autodefesa Aérea perdeu sua cobertura de cabine pesando cerca de 90 quilos enquanto sobrevoava áreas montanhosas no sudoeste do Japão no domingo, mas não houve relatos de quaisquer ferimentos ou danos materiais causados ​​pelo incidente, de acordo com o Ministério da Defesa.

O velame do caça F-2 caiu da aeronave durante uma missão de embaralhamento em resposta a uma possível violação do espaço aéreo do Japão por um avião estrangeiro, deixando o piloto exposto ao ar em pleno vôo, disse o ministério.

  • Renovation Master School
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Imobiliária Homestation
  • Publicidade e Marketing digital
  • Projeto Mulheres

As Forças de Autodefesa têm procurado o dossel, medindo cerca de 150 centímetros de comprimento, 90 cm de largura e 80 cm de altura, que se acredita ter caído em Asakura, província de Fukuoka.

Foi feito um pouso de emergência na Base Aérea de Tsuiki, na prefeitura, onde está estacionado, após o acidente ocorrido por volta das 12h50 de domingo. Outro avião foi implantado para substituir o jato de combate F-2 para a missão scramble, disse o ministério.

O caça também perdeu uma escada de cerca de 480 gramas com a qual a aeronave estava equipada.

A ASDF decidiu realizar inspeções em todas as aeronaves e ver se alguma outra peça caiu do caça F-2.

“Lamentamos por causar preocupação aos residentes locais e ao público em geral”, disse o ministério. O secretário-chefe do gabinete, Hirokazu Matsuno, disse na segunda-feira que o incidente era sério, pois poderia representar grande perigo para a população local.

Yoshitomo Aoki, um especialista em aviação, disse que a perda de um velame é rara, mas que peças soltas ou defeituosas podem causar esse tipo de acidente. Mas a perda do velame não afetaria as funções de voo de uma aeronave, acrescentou.

 

Fonte: mainichi