Organizadores negam patrocinadores pedindo adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio

TÓQUIO (Kyodo) — O comitê organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio negou no sábado um relatório do Financial Times de que os patrocinadores japoneses pediram que os jogos fossem adiados para um período de setembro a outubro em meio à pandemia COVID-19.

“Não existe essa demanda”, disseram os organizadores em reação ao relatório, que alegou que alguns patrocinadores vêm pedindo um adiamento de alguns meses para permitir que mais espectadores compareçam e aumentem o impacto de marketing de seus investimentos como patrocinadores.

  • Educação financeira e curso de investimento
  • Projeto Mulheres
  • Renovation Master School
  • Renorn Network Internet
  • Publicidade e Marketing digital
  • Imobiliária Homestation

O relatório citou fontes próximas ao assunto dizendo que a proposta foi feita aos organizadores por alguns patrocinadores nas últimas semanas, com 47 empresas japonesas tendo pago coletivamente mais de US$ 3 bilhões pelos jogos.

O relatório também disse que os patrocinadores foram informados pelo Comitê Olímpico japonês em abril que a decisão sobre permitir espectadores não seria tomada até o último momento possível, possivelmente 24 de junho. A cerimônia de abertura olímpica está marcada para 23 de julho.

Fonte: Mainichi