Organizadores olímpicos se reunirão sábado para decidir sobre espectadores no exterior

Mulheres caminham por uma placa de "sem invasão" em um parque com os anéis olímpicos flutuando ao fundo em Odaiba, Tóquio. Foto: AP/Eugene Hoshiko

Organizadores olímpicos se reunirão sábado para decidir sobre espectadores no exterior

Os organizadores dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio deste verão realizarão uma reunião online no sábado e provavelmente concordarão que os espectadores estrangeiros não poderão assistir aos jogos em meio à pandemia do coronavírus, disseram autoridades familiarizadas com a programação.

A reunião contará com a presença dos chefes do Comitê Olímpico Internacional e de outros quatro órgãos responsáveis pelo planejamento dos jogos do coronavírus adiados.

  • Projeto Mulheres
  • Renorn Network Internet
  • Imobiliária Homestation
  • Publicidade e Marketing digital
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Renovation Master School

O governo japonês já decidiu que receber espectadores do exterior não é possível, dada a preocupação pública com a disseminação do vírus e o surgimento de variantes mais contagiosas em muitos países, disseram autoridades com conhecimento do planejamento anteriormente.

O presidente do COI, Thomas Bach, disse em uma coletiva de imprensa na semana passada que o Japão está encarregado de fazer a chamada sobre a questão dos espectadores estrangeiros, e sua organização “respeitará e aceitará essa decisão”.

Espera-se que a próxima reunião virtual seja também acompanhada por Seiko Hashimoto, chefe do comitê organizador japonês, chefe do Comitê Paralímpico Internacional Andrew Parsons, Governador de Tóquio Yuriko Koike e ministro olímpico do Japão, Tamayo Marukawa.

Com a abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio a quatro meses de distância, decidir se admitem espectadores no exterior tem sido uma das maiores dores de cabeça para os organizadores, enquanto eles têm lutado com o apoio público para os jogos em meio a persistentes preocupações sobre se eles podem garantir suficientemente a segurança dos participantes e residentes no Japão.

O comitê organizador dos Jogos de Tóquio não divulgou o número total de ingressos a serem vendidos, mas alguns funcionários disseram que foi estimado em mais de 9 milhões antes dos jogos serem remarcados há um ano. Acredita-se que cerca de 1 milhão de ingressos já foram vendidos no exterior.

Os cinco órgãos organizadores concordaram em 3 de março em tomar a decisão final sobre os espectadores em duas fases. Eles decidirão se admitem fãs no exterior até o final de março antes de determinar a capacidade máxima dos locais em abril.

Hashimoto, que tomou as rédeas do corpo organizador em fevereiro, disse que a questão dos espectadores estrangeiros deve ser decidida antes do revezamento da tocha olímpica nacional começar na província nordeste de Fukushima em 25 de março.

Bach também disse que os organizadores concordaram em tomar uma decisão final o mais rápido possível, considerando o tempo necessário para que visitantes estrangeiros finalizem seu itinerário caso possam assistir aos jogos.

 

Fonte: Japan Today