Pandemia ainda gera incertezas um mês antes do início dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Com a chegada desta quarta-feira, falta exatamente um mês para o início dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Permanecem, no entanto, incertezas sobre a capacidade permitida de espectadores mesmo com os preparativos para receber os atletas de todo o mundo estando em andamento.

A abertura dos Jogos está marcada para o dia 23 de julho, após ter sido adiada em um ano devido à pandemia do coronavírus.

  • Renovation Master School
  • Publicidade e Marketing digital
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Imobiliária Homestation
  • Projeto Mulheres

Todos os cerca de 11.000 atletas que se classificaram devem ser nomeados ainda este mês.

A partir de primeiro de julho, serão implementadas as medidas anti-infecção delineadas no código de conduta, chamado de Playbooks, dos Jogos de Tóquio 2020. A vila dos atletas será inaugurada no dia 13 de julho.

Antes do início dos Jogos, os atletas devem ficar alojados em diferentes partes do país para seus treinamentos.

Com relação aos espectadores, na segunda-feira as autoridades decidiram limitar o número em 50% da capacidade de cada local de prova, mas mantendo um limite máximo de 10.000 pessoas. No entanto, a participação de espectadores pode ser cancelada caso um novo estado de emergência seja declarado.

O Comitê Organizador de Tóquio deve revelar ainda nesta quarta-feira os detalhes sobre como irão lidar com os ingressos.

Os organizadores também estão se mantendo extremamente vigilantes para a situação das infecções no país e o impacto sobre os serviços médicos locais.

 

Fonte: NHK