Pandemia de coronavírus provocou mais de 1,3 mil casos de falência no Japão

Pandemia de coronavírus provocou mais de 1,3 mil casos de falência no Japão

Uma firma de pesquisa de crédito afirmou que mais de 1,3 mil empresas e negócios foram à falência no Japão desde fevereiro do ano passado por causa da pandemia de coronavírus.

Segundo a Teikoku Databank, o total era de 1.301 até a segunda-feira. Incluem-se aí empresas e negócios que pediram falência ou suspenderam as operações para dar início aos procedimentos legais de liquidação. Bares e restaurantes encabeçaram a lista de setores com 218 casos, seguidos por construtoras, com 117; e hotéis e pousadas, com 87.

  • Projeto Mulheres
  • Renovation Master School
  • Renorn Network Internet
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Imobiliária Homestation
  • Publicidade e Marketing digital

O número tem aumentado desde a terceira onda de coronavírus no final de 2020. No mês passado, foi registrado o maior número de falências, com 172 casos, seguido de fevereiro, com 134; e janeiro, com 125.

A Teikoku Databank declarou que um número crescente de empresas e negócios decidiu fechar as portas pois não tinham perspectivas de melhorar sua situação. A firma de pesquisa de crédito acrescentou que muitas empresas e negócios disseram que não podiam mais permanecer em atividade dependendo somente de assistência pública.

 

Fonte: Japan Today