Parque temático japonês revela o primeiro Godzilla “em tamanho natural” do mundo

OGlobo/JapanToday

Parque temático japonês revela o primeiro Godzilla “em tamanho natural” do mundo

Um parque temático japonês desvendou na quinta-feira o que chama de a primeira estátua em “tamanho natural” de Godzilla a ser instalada permanentemente.

A réplica do monstro fictício, que deveria ter 120 metros de comprimento, foi montada no Parque Nijigen no Mori na Ilha Awaji, Prefeitura de Hyogo, como se metade de seu corpo tivesse sido enterrado no subsolo após um ataque.

  • Educação financeira e curso de investimento
  • Renorn Network Internet
  • Renovation Master School
  • Publicidade e Marketing digital
  • Projeto Mulheres
  • Imobiliária Homestation

 

A atração, batizada de “Operação de Interceptação Godzilla Awaji”, foi revelada à imprensa dois dias antes de sua inauguração.

Desempenhando o papel de pesquisadores, os visitantes podem entrar no corpo de Godzilla pela boca, que se abre em um rugido, por meio de uma tirolesa, e realizar “missões” para evitar que ele volte a funcionar.

A estrutura tem cerca de 55 metros de comprimento, 25 metros de largura e 23 metros de altura.

A atração deveria ser inaugurada neste verão, mas foi reprogramada devido à pandemia do coronavírus.

“É o tempo perfeito para Godzilla – a personificação de um deus furioso – aparecer”, disse Yasuyuki Nambu, que dirige a empresa de recrutamento Pasona, operadora do parque, ao fazer alusão a um tufão sazonal que se aproxima da ilha.

“Gostaríamos que os visitantes aprendessem sobre a Ilha Awaji por meio do Godzilla, mundialmente conhecido”, acrescentou. A empresa está transferindo suas operações de sede de Tóquio para a ilha.

Figuras e dioramas usados ​​durante as filmagens da franquia do filme também serão exibidos em um museu localizado no local, enquanto os visitantes podem jantar no “curry Godzilla”, que usa cebolas características da ilha.

Os ingressos custam 3.800 ienes (US $ 36) para visitantes de 12 anos ou mais, 2.200 ienes para crianças de cinco a 11 anos e grátis para crianças menores de quatro anos.

Fonte: Kyodo