Pena de prisão perpétua a ser finalizada para peruano por matar 6

La Republica

Pena de prisão perpétua a ser finalizada para peruano por matar 6

A sentença de prisão perpétua dada a um peruano de 35 anos, por causa de um caso de assassinato em massa em 2015 em uma cidade ao norte de Tóquio, está definida para ser finalizada depois que a Suprema Corte rejeitou seu recurso contra uma decisão de um tribunal inferior.

A decisão contra Vayron Jonathan Nakada Ludena foi tomada pelo Petty Bench No. 1 do tribunal superior.

  • Publicidade e Marketing digital
  • Projeto Mulheres
  • Renovation Master School
  • Imobiliária Homestation
  • Educação financeira e curso de investimento

Ele havia sido originalmente condenado à morte pelo Tribunal Distrital de Saitama em março de 2018, mas a pena foi anulada em dezembro passado quando o Tribunal Superior de Tóquio decidiu que o réu não poderia ser totalmente responsabilizado por suas ações devido à sua esquizofrenia no momento dos crimes .

A defesa pediu a sua absolvição devido ao seu estado mental.

De acordo com a decisão do tribunal superior, Nakada Ludena invadiu três casas na cidade de Kumagaya, Prefeitura de Saitama, de 14 a 16 de setembro de 2015, durante as quais esfaqueou até a morte um casal de 50 anos, uma mulher de 84 anos e uma mulher de 41 anos e suas duas filhas, de 7 e 10 anos, em seus respectivos domicílios.

Fonte: JapanToday/© KYODO