Porta-aviões da Marinha chinesa passaram entre a ilha principal de Okinawa e Miyakojima

O porta-aviões Liaoning da Marinha chinesa e quatro outros navios de guerra do país passaram pelas águas entre a ilha principal da Prefeitura de Okinawa e a ilha de Miyakojima, por volta da meia-noite de sexta-feira, informou o Ministério da Defesa do Japão neste domingo.

Os cinco navios navegaram para o norte, do Oceano Pacífico ao Mar da China Oriental, por meio das águas, segundo o ministério. Acredita-se que eles estejam voltando para a China depois de encerrar uma série de exercícios.

  • Educação financeira e curso de investimento
  • Imobiliária Homestation
  • Projeto Mulheres
  • Publicidade e Marketing digital
  • Renovation Master School

A frota liderada por Liaoning navegou para o sul nas águas entre a ilha principal de Okinawa e Miyakojima em 16 de dezembro.

Durante dois dias a partir de 19 de dezembro, caças e um helicóptero praticaram repetidamente pousos e decolagens de Liaoning em alto mar perto das ilhas Okinawa de Kitadaitojima e Okidaitojima. Navios japoneses, incluindo o destróier Izumo da Força de Autodefesa Marítima, foram enviados em uma missão de vigilância.

Esta foi a primeira vez desde abril que o Liaoning navegou para frente e para trás nas águas entre a ilha principal de Okinawa e Miyakojima.

O ministério japonês está em alerta máximo porque acredita-se que a China esteja tentando reforçar as capacidades operacionais de seus militares.

 

Fonte: japantimes