Prefeitura em Mie desenvolve aplicativo para crianças em idade escolar denunciarem bullying online

Um smartphone com o aplicativo "Netmie-ru" aberto é visto no prédio do governo da província de Mie em 23 de junho de 2020. (Mainichi / Koichi Tanaka)

Prefeitura do Japão desenvolve aplicativo para crianças em idade escolar denunciarem bullying 

Na tentativa de impedir o bullying online entre crianças e outros problemas da Internet, o Mie Prefectural Board of Education desenvolveu um aplicativo que crianças e seus responsáveis ​​podem usar para escrever sobre mensagens inapropriadas que receberem.

O aplicativo é chamado de “Net Mie-ru”, um trocadilho com o nome da prefeitura central japonesa e o verbo “mieru”, que significa estar visível.

  • Imobiliária Homestation
  • Projeto Mulheres
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Publicidade e Marketing digital
  • Renovation Master School

De acordo com o conselho, ele já confia aos especialistas que realizem “patrulhas na Internet”, nas quais pesquisam palavras-chave específicas, como nomes de escolas, para encontrar alguma irregularidade.

Porém, como aplicativos de mensagens gratuitas como o Line envolvem conversas difíceis de serem recebidas por destinatários não intencionais, o governo também desenvolveu o aplicativo para trabalhar ao lado das patrulhas.

No caso de alguém ver um texto ou post que é intimidador ou abusivo, ou faz referência ao suicídio ou envolve outros atos negativos, os usuários podem capturar a tela da redação em questão e enviá-la através do aplicativo.

Se a pessoa que envia as informações não deseja se identificar ou fornecer outros detalhes pessoais, não precisa, e as vítimas de mensagens abusivas também podem levar suas preocupações aos centros de consulta locais da prefeitura.

A divisão de disciplina estudantil do Conselho de Educação da prefeitura confirmará as informações recebidas todos os dias da manhã e, trabalhando em conjunto com escolas, conselhos municipais de educação, polícia e outros órgãos, eles procurarão disciplinar e fornecer atendimento psicológico a indivíduos relevantes, e excluir as mensagens, entre outras respostas.

O aplicativo está sendo promovido para download no site do governo da prefeitura e em todas as escolas da prefeitura. O custo total para desenvolver, gerenciar e executar o aplicativo é de cerca de 8 milhões de ienes.

Fonte: Mainichi