Primeiro-ministro do Japão diz apoiar resposta comedida, dos EUA, aos ataques do Irã

0
69

Primeiro-ministro do Japão diz apoiar resposta comedida, dos EUA, aos ataques do Irã

Shinzô Abe, o primeiro-ministro do Japão, em entrevista dada à imprensa na quinta-feira, disse que o Japão apoia a maneira como os EUA reagiram aos ataques, de mísseis iranianos, às tropas americanas no Iraque.

Sua fala refere-se ao comunicado de Donald Trump, de que o país iria impor sanções econômicas mais rígidas ao Teerã, como forma de retaliação pelos ataques, e que não haveria uma resposta militar.

Abe ainda disse aos repórteres, que o Japão fará todos os esforços diplomáticos necessários para ajudar a estabilizar a situação entre as nações. E, que o Japão está pedindo a ambos para exercerem autocontrole. Por esse motivo, ele estava demonstrando apoio ao EUA, por sua resposta “comedida” ao Irã.

O Irã realizou ataques, com mísseis, a bases americanas no Iraque, como retaliação pela morte do comandante do país, Qassem Soleimani, que foi pego em um ataque aéreo feito pelos EUA.

Situação do Japão

O conflito entre as potências trás dificuldades diplomáticas para o Japão, pois o país apresenta boas relações com ambos os lados.

Além disso, 90% das importações de petróleo bruto, do país, vem do Oriente Médio. Portanto, conflitos e instabilidades na região trariam fortes consequências para o Japão.

As Forças de Autodefesa (Tóquio) serão, possivelmente, enviadas para áreas da região, como forma de reunir informações para uma navegação comercial segura entre o local e o Japão.

Fonte: https://mainichi.jp/english/articles/20200109/p2g/00m/0fp/054000c

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here