Sentença de três anos de prisão a ex-ministro da Justiça do Japão é finalizada

A pena de três anos de prisão a que foi sentenciado o ex-ministro da Justiça do Japão Kawai Katsuyuki torna-se definitiva com a retirada do seu recurso.

Kawai foi acusado de distribuir cerca de 260 mil dólares de suborno a cem políticos e apoiadores em sua base eleitoral com o fim de comprar votos em pleito de dois anos atrás para escolha de representante da província de Hiroshima na Câmara Alta do Parlamento. A mulher do político, Kawai Anri, foi eleita na ocasião.

  • Imobiliária Homestation
  • Publicidade e Marketing digital
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Renovation Master School
  • Projeto Mulheres

O Tribunal Distrital de Tóquio sentenciou Kawai Katsuyuki a três anos de prisão em junho. Sua equipe de defesa havia entrado com recurso, mas um dos advogados que a integram comunicou nesta quinta-feira a desistência da medida.

O ex-ministro terá seus direitos civis suspensos, sem possibilidade de concorrer a cargos públicos, pelo período de até cinco anos após o cumprimento da pena.

Por intermédio do advogado, Kawai divulgou nota em que declara a disposição de cumprir a pena tão logo quanto possível. Também se desculpa por causar problemas e preocupação a um grande número de pessoas.

 

Fonte: NHK