Subaru planeja vendas de carros automatizados para uso em estradas comuns no final da década de 2020

A Subaru Corp. pretende começar a vender veículos equipados com o equivalente ao “nível 2” de tecnologia autônoma que pode dirigir, acelerar e desacelerar em estradas comuns na segunda metade da década de 2020, disseram funcionários da empresa na terça-feira.

Diversas montadoras, incluindo Toyota Motor Corp. e Nissan Motor Co., já oferecem veículos autônomos de nível 2 para uso em vias expressas, mas desenvolver tais veículos rodando em estradas comuns tem sido um desafio devido à necessidade de responder a cenários inesperados, como pedestres movimentos e para evitar acidentes.

  • Imobiliária Homestation
  • Projeto Mulheres
  • Publicidade e Marketing digital
  • Renovation Master School
  • Educação financeira e curso de investimento

A Subaru planeja desenvolver um sistema de próxima geração utilizando sua EyeSight Driver Assist Technology e inteligência artificial para reconhecer a faixa de tráfego, mesmo quando a linha branca nas estradas não pode ser vista.

As tecnologias de nível 2 permitem que os motoristas tirem as mãos do volante sob certas condições, mas eles são obrigados a monitorar a direção o tempo todo.

Em março, a Honda Motor Co. lançou no Japão o remodelado sedã Legend com tecnologia autônoma de nível 3 – o primeiro veículo do mundo a chegar ao mercado que permite ao motorista realizar diversas tarefas, como ler e assistir TV enquanto o carro está em certas condições, incluindo tráfego congestionado em vias expressas.

Mas, em caso de emergência, o motorista precisa assumir o controle total do veículo.

A tecnologia de direção autônoma é classificada em cinco níveis, variando do nível 1, que permite que a direção, a aceleração ou a frenagem sejam automatizadas, até um nível 5 totalmente automatizado.

A competição também tem se intensificado entre as montadoras globais no desenvolvimento de veículos com tecnologia de direção autônoma nível 4, que podem realizar tarefas de direção sem intervenção humana em uma área limitada.

 

Fonte: mainichi