Sudoeste do Japão em alerta com o poderoso tufão

Árvores de beira de estrada são cortadas e empilhadas em Naha, província de Okinawa, em 1º de setembro de 2020, depois de serem derrubadas por fortes ventos trazidos por um poderoso tufão que passou perto das ilhas do sul do Japão. (Kyodo)

Sudoeste do Japão em alerta com o poderoso tufão

A agência meteorológica do Japão alertou os residentes na quarta-feira para ficarem vigilantes, pois um poderoso tufão pode causar tempestades, deslizamentos de terra e inundações no sudoeste do Japão e fortes chuvas em áreas mais amplas até quinta-feira.

Na tarde de quarta-feira, o tufão Maysak está projetado para estar próximo à parte norte da ilha principal de Kyushu, disse a Agência Meteorológica do Japão, também alertando sobre possíveis ondas altas e marés altas.

  • Imobiliária Homestation
  • Renovation Master School
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Projeto Mulheres
  • Publicidade e Marketing digital

Os serviços de trem-bala entre as estações de Hiroshima e Hakata, no oeste do Japão, serão suspensos na quinta-feira, como precaução, desde a primeira partida do dia até cerca de 8h, disse a West Japan Railway Co.

Oito pessoas na província de Okinawa até agora ficaram levemente feridas porque o tufão provocou rajadas de vento muito fortes. Tempestades também atingiram o sul de Kyushu.

A partir das 16h de quarta-feira, o tufão estava viajando 120 quilômetros a oeste de Goto, província de Nagasaki. Ele tinha uma pressão atmosférica de 950 hectopascais no centro e ventos de até 216 km por hora.

A agência também alertou sobre outro tufão que pode atingir a costa e causar chuvas recordes, tempestades, ondas e marés altas conforme se aproxima do sudoeste do Japão de domingo a segunda-feira.

O tufão Haishen pode desenvolver uma pressão atmosférica de menos de 930 hectopascais e provocar tempestades mais fortes do que o tufão Faxai, que atingiu a área metropolitana de Tóquio no ano passado.

Fonte: Kyodo