Tenista brasileiro é expulso do esporte por toda a vida

Tenista brasileiro é expulso do esporte por toda a vida

Neste sábado, o TIU (Unidade de Integridade do Tênis) organização da Federação Internacional de Tênis, tomou uma decisão definitiva sobre a sentença do tenista brasileiro João Olavo Soares de Souza, conhecido como “Feijão”. O atleta estava suspenso, provisoriamente, desde março de 2019, após investigações apontarem que ele participava de esquemas corruptos dentro do esporte. E, no sábado, o TIU anunciou que ele foi banido para sempre do tênis.

A sentença ainda estipula que o atleta terá de pagar uma multa de US$ 200 mil (cerca de R$ 836 mil), e não poderá comparecer a nenhum tipo de evento esportivo relacionado ao tênis.

  • Educação financeira e curso de investimento
  • Renovation Master School
  • Imobiliária Homestation
  • Publicidade e Marketing digital
  • Renorn Network Internet
  • Projeto Mulheres

O que aconteceu?

Em investigações realizadas entre 2015 e 2019, sobre fraudes no tênis, descobriu-se que o atleta estava envolvido em esquemas ilegais de manipulação de jogos e venda de resultados de torneios ocorridos em diversos países, como: México, Estados Unidos, República Tcheca e Brasil.

Foram confirmados dois torneios em que Feijão influenciou, diretamente, nos resultados, o ATP Challenger (torneios ocorridos na Europa, América, Ásia, África e Oceania) e o ITF Futures (Circuito Masculino de tênis, formado por diversos torneios profissionais, que ocorrem pelo mundo)

Além disso, ele também foi penalizado por: não fazer denúncias de nenhum caso de corrupção; não colaborar com as investigações; destruir evidências; e pressionar outros jogadores a fazerem partidas ruins.

O atleta, de 31 anos, nascido em Mogi das Cruzes (SP), chegou a ficar na 69ª posição do ranking mundial de tênis, e é considerado o ex-número 1 do Brasil. Também ficou conhecido por participar da histórica partida mais longa da Copa Davis.

A punição dada ao atleta, pelo TIU, foi a segunda mais pesada da história do esporte e a mais pesada para um atleta brasileiro.

Defesa

“O Estado de S. Paulo” entrou em contato com o advogado do atleta, Michel Assef Filho, que disse que eles irão recorrer da decisão na Corte Arbitral do Esporte (CAS). Segundo ele, Feijão não estava envolvido no caso de corrupção e o tenista colaborou com as investigações.

Fonte: https://esportes.r7.com/esportes-olimpicos/feijao-e-banido-do-tenis-e-multado-por-manipulacao-de-resultados-25012020

https://esporte.band.uol.com.br/noticia/100000981561/acusado-de-manipulacao-de-resultado-feijao-e-banido-do-tenis