Tóquio e 3 províncias vizinhas pedem que estado de emergência seja estendido

Tóquio e 3 províncias vizinhas pedem que estado de emergência seja estendido

Os governadores de Tóquio e de três províncias vizinhas pediram ao governo central que o estado de emergência na capital japonesa e as medidas antivirais intensivas nas demais províncias, que devem expirar no dia 31 de maio, sejam estendidos.

Os governadores de Tóquio, Saitama, Chiba e Kanagawa fizeram um pedido conjunto depois de fechar um acordo nesse sentido em uma reunião online na quarta-feira. Na videoconferência, eles expressaram preocupação com a continuidade da grave situação na região metropolitana. Destacaram que variantes do coronavírus vêm se tornando as principais fontes de contágio, apesar de haver uma tendência de queda no número de novos casos de infecção.

  • Projeto Mulheres
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Renovation Master School
  • Imobiliária Homestation
  • Publicidade e Marketing digital

Neste mês, o governo central já havia estendido até a meia-noite da próxima segunda-feira o estado de emergência em Tóquio e as medidas intensivas nas três províncias vizinhas.

Os governadores também pediram ao governo central que forneça auxílio financeiro para negócios a serem afetados por uma nova extensão do estado de emergência e das medidas intensivas.

Na reunião, a governadora de Tóquio, Koike Yuriko, afirmou haver preocupação com o risco de um repique acelerado nas infecções se o estado de emergência e as medidas intensivas não forem estendidos. Koike disse que Tóquio e as três províncias vão colaborar mutuamente para conter a propagação das infecções.

Também na quarta-feira, os governadores de Osaka, Hyogo e Kyoto, províncias da região oeste do Japão, pediram ao governo central que volte a estender o estado de emergência, que expira à meia-noite de segunda-feira.

O governo da província de Hiroshima também pediu, na quarta-feira, ao governo central que o estado de emergência local seja estendido.

 

Fonte: NHK