Tripulante de navio russo é preso devido a colisão com embarcação japonesa

A Guarda Costeira japonesa prendeu um membro da tripulação responsável pela embarcação russa que colidiu com um barco pesqueiro japonês no Mar de Okhotsk, matando três pessoas a bordo.

O tripulante de 38 anos do navio russo Amur foi preso pouco antes das 10h na segunda-feira, sob suspeita de negligência profissional resultante em morte e por colocar em risco a navegação no local devido a displicência.

  • Renorn Network Internet
  • Educação financeira e curso de investimento
  • Renovation Master School
  • Projeto Mulheres
  • Publicidade e Marketing digital
  • Imobiliária Homestation

Em 26 de maio, o navio Amur se dirigia ao porto de Mombetsu quando colidiu com a embarcação japonesa Daihachi Hokkomaru, que pescava caranguejos no local. O barco japonês tombou, causando a morte de três dos cinco tripulantes.

Autoridades japonesas interrogaram os oficiais envolvidos e analisaram as rotas de navegação das embarcações.

A investigação teria concluído que o marinheiro russo causou as três mortes por não ter mantido observação cuidadosa que prevenisse a colisão.

 

Fonte: NHK